Rua Maria Monteiro, 1212 – Campinas, SP

+55 (19) 3705-2070
igrejansdores@igrejansdores.org.br

Mensagem do Pároco › 03/03/2017

Planejamento Pastoral de 2017

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

OBJETIVO GERAL:

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo, na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção pelos pobres, para que todos tenham vida, rumo ao Reino definitivo.

Temos diante de nós as cinco Urgências, que nos desafiam com suas indicações:

1- Igreja em Estado Permanente de missão

2- Igreja: casa de iniciação à vida cristã

3- Igreja: lugar da animação Bíblica da vida e da Pastoral

4- Igreja: comunidade de comunidades

5- Igreja a serviço da vida plena para todos

Nossa Paróquia, iluminada pelo Espírito Santo e animada em responder aos desafios da realidade onde estamos inseridos, se dispõe a fortalecer o Espírito Missionário, através de Visitas às famílias e ambientes; o fortalecimento dos grupos de terço e a formação de novos grupos para vivência fraterna; o aprofundamento da fé e a vivência celebrativa.

Queremos continuar o trabalho da Iniciação à Vida Cristã, cuidando com carinho do processo da catequese em todas as fases da vida, com uma atenção à infância, adolescência e juventude. E, também, continuar o trabalho com a Iniciação Cristã dos Adultos; favorecer a formação dos nossos catequistas, através da participação nos momentos de formação da Paróquia e de momentos específicos. Formaremos novos ministros leigos e contaremos com a participação deles nesse processo de Conversão Pastoral, facilitando a Participação e o Acolhimento de todos. Dar uma atenção especial aos momentos de preparação aos sacramentos, favorecendo a catequese necessária e um ambiente que facilite a descoberta importante da participação pelo acolhimento fraterno.

Temos realizado a experiência da Escola da Fé, e vamos continuar! Este ano faremos um aprofundamento da Espiritualidade através da vivência do Tempo Litúrgico, com os Encontros de formação e Retiros. Teremos também um momento de formação Litúrgico, para as equipes de liturgia e os interessados.

A preocupação na Escola da Fé com o conhecimento da Palavra de Deus, a Leitura Orante e momentos de oração fortalecerá o trabalho Pastoral das equipes, a Vivência Comunitária e Missionária. “Sonho com uma opção missionária capaz de transformar tudo, para que os costumes, os estilos, os horários, a linguagem e toda a estrutura eclesial se tornem um canal proporcionado mais à Evangelização do mundo atual que à autopreservação.

A reforma das estruturas, exigida pela conversão pastoral, só se entende neste sentido: fazendo com que elas se tornem mais missionárias, que a pastoral ordinária seja mais comunicativa e aberta, que coloque os agentes de pastoral em atitude constante de “saída” e assim, favoreça a resposta positiva de todos aqueles a quem Jesus oferece a sua amizade” (EG 27)

Queremos, também, viver com toda a Igreja do Brasil o Ano Nacional Mariano, por ocasião dos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul, em Aparecida – SP. Vamos participar de diversas atividades, da Romaria Arquidiocesana e festejar com alegria a festa em 12 de outubro. “Tendo acolhido o sinal que Deus lhes tinha dado, os pescadores tornam-se missionários, partilhando com os vizinhos a graça recebida”. (CNBB) O Ano Mariano despertará nossas comunidades para a Missão: Anunciar a Jesus e seu Reino.

Vamos continuar com o trabalho na Área Pastoral Social, fortalecendo a assistência e a promoção aos necessitados, através do trabalho da Conferência Vicentina, o trabalho junto ao Lar dos Velhinhos e dando continuidade à Pastoral da Pessoa Idosa.

Teremos momentos de encontros e confraternização através de uma programação de vários eventos, fortalecendo a Vivência comunitária e ajudando também na arrecadação de fundos que, juntamente com o trabalho da equipe de Dízimo, colaboram na manutenção da Paróquia. E vamos vivenciar momentos orantes nas festas e celebrações dominicais preparados pela equipe de Liturgia e Canto, favorecendo o crescimento espiritual da comunidade. A Liturgia é encontro! Encontro da Palavra e do Pão Consagrado com a assembleia dos fiéis. A Palavra espera por acolhida e o Pão espera por alguém que dele se alimente e se fortifique. A Palavra e o Pão se atraem, e dessa atração nasce a escuta, a receptividade e o compromisso missionário.

Mons. João Luiz Fávero

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.