Rua Maria Monteiro, 1212 – Campinas, SP

+55 (19) 3705-2070
igrejansdores@igrejansdores.org.br

Notícias › 28/10/2016

CNBB recebe lançamento de exposição sobre encíclica Laudato Si’

Na busca de difundir a carta encíclica do papa Francisco Laudato Si, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), articulada com outras sete entidades, realiza o lançamento da exposição itinerante “Laudato Si’ – sobre o cuidado da casa comum”, nesta sexta-feira, 28, às 14h30, na sede da entidade, em Brasília (DF). A intenção da iniciativa é fazer com que a mensagem seja divulgada em diversos espaços de uma forma dinâmica e fácil compreensão, a fim de criar novas consciências através de mudanças no estilo de vida, da conversão ecológica e da solidariedade global.

O evento contará com a presença do bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, e de representantes das entidades parceiras, como o presidente da Conferência da Família Franciscana do Brasil (CFFB), frei Éderson Queiroz, e da assessora de Direitos Humanos da Cáritas Brasileira, Alessandra Miranda.

A exposição também tem a intenção de conscientizar as pessoas sobre a 21ª Conferência das Partes (COP-21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) e os impactos das mudanças climáticas.

De acordo com os organizadores, a difusão dos ensinamentos da carta encíclica Laudato Si’ “é fundamental para uma mudança da cultura exploratória, consumista, que afeta a nossa casa comum e principalmente os mais pobres”. A expectativa é que a exposição contribua com o despertar de uma relação de cuidado com a Casa Comum, “buscando-se soluções coletivas para o rompimento da violência e do processo exploratórios que ocorrem nos dias atuais”.

Esta é uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), do Movimento Católico Global pelo Clima, da Cáritas Brasileira, da Conferência da Família Franciscana do Brasil (CFFB), do Serviço Franciscano de Solidariedade (Sefras), da Ação Franciscana de Ecologia e Solidariedade (Afes), da Juventude Franciscana do Brasil (Jufra) e do Serviço Inter-Franciscano de Justiça, Paz e Ecologia (Sinfrajupe).

Encíclica

A encíclica Laudato Si’ foi lançada no dia 18 de junho de 2015. No texto, o papa Francisco pretende ajudar os cristãos e as pessoas de boa vontade a reconhecerem “a grandeza, a urgência e a beleza do desafio” relacionado às questões ambientais. O pontífice faz em sua carta uma breve resenha dos vários aspectos da atual crise ecológica, com o objetivo de “assumir os melhores frutos da pesquisa científica atualmente disponível, deixar-se tocar por ela em profundidade e dar uma base concreta ao percurso ético e espiritual seguido”. A partir desta panorâmica, Francisco retoma argumentações que derivam da tradição judaico-cristã, a fim de dar maior coerência ao compromisso com o meio ambiente.

Em seguida, a encíclica busca chegar “às raízes da situação atual, de modo a individuar não apenas os seus sintomas, mas também as causas mais profundas”, explicou Francisco. Neste sentido, é proposta uma ecologia que, nas suas várias dimensões, “integre o lugar específico que o ser humano ocupa neste mundo e as suas relações com a realidade que o rodeia”. À luz desta reflexão, o papa verifica algumas das grandes linhas de diálogo e de ação que envolvem os cristãos e a política internacional. Convencido “de que toda a mudança tem necessidade de motivações e dum caminho educativo”, o bispo de Roma propõe ao final do texto algumas “linhas de maturação humana inspiradas no tesouro da experiência espiritual cristã”, no contexto ecológico.

Por CNBB

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.