Rua Maria Monteiro, 1212 – Campinas, SP

+55 (19) 3705-2070
igrejansdores@igrejansdores.org.br

Notícias › 09/11/2016

7º Encontro Nacional da Missão Continental

Jovens e assessores ligados à Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Comissão para a Juventude, participaram, no final de semana, em Brasília, do 7º Encontro Nacional da Missão Continental, com o tema “Juventude e Missão Permanente”. O tema surgiu a partir da constatação de que várias iniciativas missionárias com jovens estavam acontecendo em nível de Brasil, a partir da realização da “Missão Jovem na Amazônia”, de 2014, e de sua continuidade na “Missão Jovem CNBB”, de 2015. Os participantes partilharam essas experiências, e puderam conhecer outras iniciativas que vêm sendo realizadas em nível diocesano, regional e nacional.

Para o assessor da Comissão Episcopal pastoral para a Ação Missionária, Padre Sidnei Marco Dornelas, “esse encontro foi a oportunidade que encontramos para colocar em comum toda essa riqueza das experiências missionária com jovens, realizadas por entidades tão variadas e tão ricas em lições para a nossa Igreja”.

Durante o encontro foram apresentadas experiências realizadas em várias dioceses da Amazônia, por ocasião da Missão Jovem na Amazônia, e seus desdobramentos em projetos e atividades missionárias envolvendo realidades tão diferentes como as Fazendas da Esperança, a Obra para a Propagação da Fé, por meio da Juventude Missionária, em Ananindeua (PA), as Semanas Santas Missionárias em Manaus, as missões com jovens consagrados pela CRB, entre outras. Outras experiências foram apresentadas, como a dos Jovens Universitários na Amazônia, a dos jovens inseridos nas Santas Missões Populares em Guaxupé, a dos Seminaristas na Amazônia, a Missão Jovem no estado de Alagoas, e o projeto missionário dos Salesianos. Um dos momentos mais marcantes do encontro foi o testemunho de Lucas Santos pelos seus oito anos de trabalho missionário em Angola, pelo projeto Além Fronteiras dos missionários salesianos. Segundo ele, essa longa missão deixou como fruto, “um olhar do próximo sem fazer julgamentos, isto é, não julgar apenas servir, ou servir sem julgar”.

Ao final, os jovens tiveram a oportunidade de elaborar algumas sugestões para orientar a animação missionária da Igreja, no sentido de despertar e desenvolver a vocação missionária dos jovens. Para o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, padre Antônio Ramos do Prado, essa contribuição dos jovens nesse encontro permitiu ver que “a missão jovem acontece a partir das várias expressões juvenis da Igreja e em lugares diversos, em que as missões são organizadas e vivenciadas ao longo do ano, dando um rosto à experiência missionária jovem em nível nacional”.

Por CNBB

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.